28/04/2012


No cair da tarde, geme os arvoredos.
Por entre a chuva da indiferença
Com lagrimas doce a saciar a sede
Da saudade que alimenta os espaços vazios

Nesse momento vive em mim
A alma do mundo
Alguns segredos

Há uma infinita espera
Exijo do tempo
Que ao menos não apaguem
Nossos momentos de amor
Pois são eles que constroem
A esperança de você voltar.
(Rosi Alves)

Nenhum comentário:

© Blog Toda Rosa - 2016. Todos os direitos reservados.
Template by: Juh Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo